“Me fala sobre o seu dia, sobre a festa que você foi na semana passada com suas amigas, sobre como você tá cansada dos problemas de casa. Me fala sobre aquela sua professora que pega no seu pé sempre, se você ainda tá tomando aquele remédio pra enxaqueca, se assistiu com seu irmão aquele filme que tava em cartaz, fala sobre a sua semana de provas, me explica como calcular o número de moléculas num átomo de água. Me fala qualquer coisa. Só não me fala que o nosso amor acabou.”
Azul Ciano.   (via auroriar)

“Não gosto muito de céu azul, ele me dói a vista. Sempre preferi o céu alaranjado mesclado com azul, às vezes rosa ou violeta. Aquele céu que só podemos ver no comecinho do pôr-do-sol ou do amanhecer. Que significa mais um dia percorrido ou mais um dia que me é concebido. Gosto dessa ideia. Um céu de possibilidades.”
When the stars fall.   (via scripturas)

“Ninguém tem a noção do tempo. Quem disse que a madrugada é hora de dormir? Onde ta escrito que sessenta segundos é um minuto? Onde viram que um ano é igual a 12 meses? Ninguém tem a explicação pra isso, só sabem que sabem, e ponto. E se ninguém tem a noção desse tal tempo, como vão saber que ele cura um coração partido?”
Jadson.  (via incerteza-mata)

“Não era o bastante ser seu último beijo. Eu queria ser seu último amor. Mas sabia que não era. Sabia e a odiava por isso. Eu a odiava por não se importar comigo. Eu a odiava por ter me deixado naquela noite. E odiava a mim mesmo por tê-la deixado ir embora, porque, se eu tivesse sido suficiente, ela não teria querido ir embora. Simplesmente teria se deitado comigo, conversado e chorado. E eu teria ouvido e teria beijado as lágrimas que caíam de seus olhos.”
Quem é você, Alasca?   (via aclamou)

“Me desculpe, eu sempre quero falar com você. Sinto muito quando demora muito para responder, eu fico triste. Me desculpe se eu digo coisas que podem te chatear. Me desculpe se eu sair como irritante. Sinto muito se você não quer conversar comigo tanto quanto eu quero falar com você. Me desculpe se eu penso em você muito e muito frequentemente. Me desculpe se eu digo coisas insignificantes. Me desculpe se eu te falar sobre meu drama sem sentido. Me desculpe se eu sair como sendo pegajoso, mas é porque eu gosto de você.
Anônimo.   (via auroriar)

“Uma dica? Ame seus pais. Estamos tão ocupados crescendo, muitas vezes esquecemos que eles também estão envelhecendo.”
Soldado.   (via renascendo)

“A garota mais bonita que eu conheço não é nenhuma miss, nem engata tantos olhares quando passa por aí. A garota mais bonita que eu conheço nem acha que é bonita. Acha graça e não acredita quando eu à digo assim. A garota mais bonita que eu conheço não faz nada para parecer bonita, não faz boa maquiagem, não usa jóias ou roupas da moda, não vai pra academia nem tem belo manequim. A garota mais bonita que eu conheço simplesmente sorri, e, quando sorri, ela é a garota mais linda do mundo!”
Augusto Cury.   (via nobroke)

“As pessoas deviam ser leais umas com as outras, mesmo que não fossem casadas. Em certa medida, a confiança devia ser mais profunda, porque não era santificada pela lei.”
Bukowski.      (via esclarecer)

“Então tá, ok, vamos conversar. Já que cê tocou no assunto, agora eu vô te falar. É, não tá tão fácil assim, como eu pensei que seria. Porque eu lembro de você toda hora, todo dia. Eu luto contra o meu próprio sentimento, eu me sinto estranho, sinto que parei no tempo. Sei lá, é, sei lá, é difícil de falar. Eu tenho tudo o que eu quero, mesmo assim tem algo fora do lugar.”
Pollo.